Viver de forma sustentável em qualquer lugar do mundo

Casa geodésica auto-suficiente

A casa de 120 metros quadrados dispõe de uma estrutura auto-sustentável bem isolada que garante as melhores condições de vida.O DOM(E) é uma casa adequada para locais tão distantes como o deserto da Namíbia pois a construção original aliada ao sistema de isolamento proporcionam um clima interior confortável, independentemente da temperatura exterior. Ela é totalmente auto-suficiente e é uma casa eco-amigável oferecendo ótimas condições de vida. 

casa-geodesica-dome

Disponível em: http://www.portal-energia.com/casa-geodesica-auto-suficiente-dome-pode-ser-instalada-em-qualquer-lugar/

Anúncios

Energias limpas (7 de 7)

Tratamento da água: O uso de tecnologia para a purificação de águas residuais é uma das principais tendências do momento. De acordo com o grupo de docentes da Unicamp, um bom exemplo refere-se à utilização de processos oxidativos avançados no tratamento de esgotos, capaz de promover a degradação de vários poluentes, resultando, assim, em uma água de excelente qualidade.

Resultado de imagem para tratamento de agua

Disponível em: http://revistagalileu.globo.com

 

Energias limpas (6 de 7)

Tecnologia da InformaçãoO uso de satélites combinado à popularização da internet permitiu que pessoas de todo o mundo evitassem deslocamentos, antes vistos como imprescindíveis. O próprio uso do GPS e de outros aplicativos de geolocalização contribuem de maneira decisiva para a redução da emissão de CO2.

Resultado de imagem para satelites .gif

Disponivel em: http://revistagalileu.globo.com

Energias limpas (5 de 7)

BIOCOMBUSTÍVEIS 
Geração de etanol e biodiesel para veículos automotores a partir de produtos agrícolas (como semente de ma mona e cana-de-açúcar) e cascas, galhos e folhas de árvores,que sofrem processos físico-químicos. O Brasil está entre os maiores produtores mundiais. 
PRÓS: substitui diretamente o petróleo; os vegetais usados na fabricação absorvem CO2 em sua fase de crescimento. 
CONTRA: produção da matéria-prima ocupa terras destinadas a plantio de alimentos.

Resultado de imagem para como funciona a energia biocombustivel

Disponível em: http://planetasustentavel.abril.com.br

Energias limpas (4 de 7)

BIOGÁS
Transformação de excrementos animais e lixo orgânico, como restos de alimentos, em uma mistura gasosa, que substitui o gás de cozinha, derivado do petróleo. A matéria-prima é fermentada por bactérias num biodigestor, liberando gás e adubo. 
PRÓS: substitui diretamente o petróleo; dá um fim ecológico ao lixo orgânico; gera fertilizante; os produtores rurais podem produzir e até vender o gás, em vez de pagar por ele. 
CONTRA: o gás é difícil de ser armazenado.

Resultado de imagem para como funciona a energia biogas

Disponível em: http://planetasustentavel.abril.com.br

Energias limpas (3 de 7)

DAS MARÉS 
As águas do mar movimentam uma turbina que aciona um gerador de eletricidade, num processo similar ao da energia eólica. Não existe tecnologia para exploração comercial. Franca, Inglaterra e Japão são os pioneiros na produção. 
PRÓS: fonte de energia abundante capaz de abastecer milhares de cidades costeiras. 
CONTRAS: a diferença de nível das mares ao longo do dia deve ser de ao menos 5 metros; produção irregular devido ao ciclo da maré, que dura 12h30.

Resultado de imagem para como funciona a energia das marés

Disponível em: http://planetasustentavel.abril.com.br

Energias limpas (2 de 7)

  • EÓLICA
    O vento gira as pás de um gigantesco catavento, que aciona um gerador, produzindo corrente elétrica. Maiores produtores: Alemanha, Espanha e EUA.

    PRÓS:fonte inesgotável de energia; abastece locais aonde a rede elétrica comum não chega. 
    CONTRAS: poluição visual (um parque eólico pode ter centenas de cataventos) e, às vezes, sonora (alguns cataventos são muito barulhentos); morte de pássaros (que, muitas vezes, se chocam com as pás dos cataventos).

Resultado de imagem para como funciona a energia eolica

Disponível em: http://planetasustentavel.abril.com.br